Opel Astra A

1991-1998 de lançamento

Reparo e operação do carro



Opel Astra A
+1. Instrução de manutenção
+ 2. Manutenção
- 3. Motores
   -3.1. Motores de SOHC
      3.1.1. Introdução
      3.1.2. Características técnicas
      3.1.3. Cheque de uma compressão
      3.1.4. Top Dead Point (TDP)
      3.1.5. Cobertura de uma cabeça de cilindros
      3.1.6. Roldana de um cabo kolechaty
      +3.1.7. Cobertura externa superior de um cinto que distribui o gás
      3.1.8. Capa traseira de um cinto que distribui o gás
      3.1.9. Cinto que distribui o gás (modelos de 1,4 e 1,6 l)
      3.1.10. Um cinto que distribui o gás (C18 NZ, C20 NE que se lançam até 1993)
      3.1.11. Cinto que distribui o gás (C18 NZ, C20 NE 1993 de lançamento depois)
      3.1.12. Asterisco de eixo
      3.1.13. Asterisco de um cabo de inclinação
      3.1.14. Rolo de tensão de um cinto que distribui o gás (l os modelos 1,4 e 1,6)
      3.1.15. Eixo epiploons
      3.1.16. Eixo
      3.1.17. Cabeça de cilindros
      3.1.18. Catre de óleo e tubo de ramo de maslozaborny
      3.1.19. Bomba de óleo
      3.1.20. Epiploons de um cabo de inclinação
      3.1.21. Pêndulo
      3.1.22. Fixação do motor e transmissão
   +3.2. Motores de DOHC
   +3.3. Motores diesel
   +3.4. Equipamento elétrico de motor
+4. Ventilação e aquecimento
+5. Sistema de provisão de poder
+6. Sistema de redução em toxicidade
+7. União
+8. Transmissões
+9. Metade de cabos
+10. Sistema de freios
+11. Suporte de forma triangular de interrupção e direção
+12. Corpo
+13. Equipamento elétrico
+14. Gráficos elétricos


d3fe7281



3.1.16. Eixo

Remoção

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. O eixo pode retirar-se, sem retirar uma cabeça de cilindros, só por meio do instrumento especial (Opel P/N 603 850).
2. Se não tiver tal instrumento, é necessário retirar uma cabeça de cilindros. Seguramente substitua a velha colocação de uma cabeça.
3. Em modelos 14 NV retiram a bomba de combustível.
4. Retire o distribuidor da ignição ou o rolo.
5. Em modelos C 16 SE desparafusam três pinos de fixação e retiram a chapa básica do rolo concentrou-se no fim de uma cabeça de cilindros.
6. Em modelos C 18 NZ, C 20 NE toma umas costas epiploon do eixo.
7. Desparafuse dois pinos de fixação de uma chapa persistente do eixo.
8. Retire uma chapa persistente.
9. Exatamente tome o eixo de uma cabeça de cilindros.

Verificar

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Examine inserções de carregamentos em uma cabeça de cilindros na existência de uso. Verifique que as aberturas lubrificantes em uma cabeça não se desordenaram. Se as inserções forem usadas, é necessário substituir uma cabeça.
2. Examine o eixo se os carregamentos ou as cames forem usados, tem de substituir-se em conjunto com jugos.
3. Examine uma chapa persistente, se necessário substitua-a.

Instalação

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Substitua um epiploon avançado de um cabo.
2. Carregamentos de óleo e epiploons.
3. Insira um cabo em uma cabeça de cilindros.
4. Estabeleça uma chapa persistente e aperte pinos (uma foto na esquerda). Verifique um jogo de lado de eixo, tendo inserido a tenta entre uma chapa persistente e um flange no fim de um cabo (uma foto à direita). Se a fenda exceder o tamanho admissível, substitua uma chapa persistente.
5. Em modelos C 18 NZ, C 20 NE estabelece umas novas costas epiploon.
6. Em modelos C 16 SE verificam uma condição da consolidação anular em uma parte traseira de uma chapa básica do rolo, substituem-no se necessário.
7. Instale o distribuidor ou o rolo.
8. Em modelos 14 NV instalam a bomba de combustível.
9. Estabeleça uma cabeça de cilindros.
10. Se instalou o novo eixo, substitua o óleo de motor.
Na home page